sábado, 23 de abril de 2011

Você me faz tão bem (♪'


Eu vou estar com você em todos os momentos ! Seja eles, bons ou não tão bons assim . Eu vou estar com você quando tudo estiver dando certo, e até quando parecer que o azar realmente existe. Pra te confundir ou te dar a solução dos seus problemas . Eu vou estar com você, te fazendo perguntas e querendo respostas. Enquanto você estiver me perturbando ou no maior silêncio possível. Vou estar do seu lado todas as vezes que precisares, e até quando não. Estarei aqui, sempre! Te oferecendo meu colo quando o resto do mundo parecer conspirar contra. Estendendo-te a mão quando ninguém mais parece te entender. Pulando nos teus braços com um sorriso imenso estampado no rosto. E te dizendo o quanto eu te amo quando o que tu mais precisares é de um carinho, ou palavra de aconchego. Eu vou estar com você, em momentos banais e nas horas mais importantes da sua vida. Vou querer sempre ver o teu bem , te olhar com cara de apaixonada, e dizer o quanto me orgulho de ti, e mais ainda, do nosso amor. Não vou querer sair de perto de você, e aproveitar cada milésimo que tenho pra bagunçar seu cabelo e me perder nos teus olhos. Quero ver o constante brilho no seu olhar e um sorriso espontâneo nascendo do canto da sua boca,revelando a cara de bobo que você fica , toda vez que estamos juntos … Vou ouvir atentamente as suas histórias, e te fazer prestar atenção nas minhas. Vou rir de você, e com você! Não quero ser só tua namorada, eu sonho alto; quero muito mais do que isso; quero ser tua mulher ,sua melhor amiga e cúmplice, daqueles que estão sempre junto mesmo, independente do que aconteça. É isso que eu quero. Compartilhar alegrias, conquistas e até mesmo, tristezas. Quero tornar a vida mais fácil, & poder sentir teu cheiro toda vez que eu fechar os olhos pra reviver tudo o que passamos em meio á meus sonhos reais . Quero conseguir te completar, como se eu fosse mesmo, uma metade … A sua metade !

terça-feira, 19 de abril de 2011

Para você Refletir !♥

Naquela noite, enquanto minha esposa servia o jantar, eu segurei sua mão e disse: “Tenho algo importante para te dizer”. Ela se sentou e jantou sem dizer uma palavra. Pude ver sofrimento em seus olhos.

De repente, eu também fiquei sem palavras. No entanto, eu tinha que dizer a ela o que estava pensando. Eu queria o divórcio. E abordei o assunto calmamente.
Ela não parecia irritada pelas minhas palavras e simplesmente perguntou em voz baixa: “Por quê?”
Eu evitei respondê-la, o que a deixou muito brava. Ela jogou os talheres longe e gritou “você não é homem!” Naquela noite, nós não conversamos mais. Pude ouvi-la chorando. Eu sabia que ela queria um motivo para o fim do nosso casamento. Mas eu não tinha uma resposta satisfatória para esta pergunta. O meu coração não pertencia a ela mais e sim a Jane. Eu simplesmente não a amava mais, sentia pena dela.
Me sentindo muito culpado, rascunhei um acordo de divórcio, deixando para ela a casa, nosso carro e 30% das ações da minha empresa.
Ela tomou o papel da minha mão e o rasgou violentamente. A mulher com quem vivi pelos últimos 10 anos se tornou uma estranha para mim. Eu fiquei com dó deste desperdício de tempo e energia, mas eu não voltaria atrás do que disse, pois amava a Jane profundamente. Finalmente ela começou a chorar alto na minha frente, o que já era esperado. Eu me senti libertado enquanto ela chorava. A minha obsessão por divórcio nas últimas semanas finalmente se materializava e o fim estava mais perto agora.
No dia seguinte, eu cheguei em casa tarde e a encontrei sentada na mesa escrevendo. Eu não jantei, fui direto para a cama e dormi imediatamente, pois estava cansado depois de ter passado o dia com a Jane.
Quando acordei no meio da noite, ela ainda estava sentada à mesa, escrevendo. Eu a ignorei e voltei a dormir.
Na manhã seguinte, ela me apresentou suas condições: ela não queria nada meu, mas pedia um mês de prazo para conceder o divórcio. Ela pediu que durante os próximos 30 dias a gente tentasse viver juntos de forma mais natural possível. As suas razões eram simples: o nosso filho faria seus exames no próximo mês e precisava de um ambiente propício para preparar-se bem, sem os problemas de ter que lidar com o rompimento de seus pais.
Isso me pareceu razoável, mas ela acrescentou algo mais. Ela me lembrou do momento em que eu a carreguei para dentro da nossa casa no dia em que nos casamos e me pediu que durante os próximos 30 dias eu a carregasse para fora da casa todas as manhãs. Eu então percebi que ela estava completamente louca mas aceitei sua proposta para não tornar meus próximos dias ainda mais intoleráveis.
Eu contei para a Jane sobre o pedido da minha esposa e ela riu muito e achou a ideia totalmente absurda. “Ela pensa que impondo condições assim vai mudar alguma coisa; melhor ela encarar a situação e aceitar o divórcio” ,disse Jane em tom de gozação.
Minha esposa e eu não tínhamos nenhum contato físico havia muito tempo, então quando eu a carreguei para fora da casa no primeiro dia, foi totalmente estranho. Nosso filho nos aplaudiu dizendo “O papai está carregando a mamãe no colo!” Suas palavras me causaram constrangimento. Do quarto para a sala, da sala para a porta de entrada da casa, eu devo ter caminhado uns 10 metros carregando minha esposa no colo. Ela fechou os olhos e disse baixinho “Não conte para o nosso filho sobre o divórcio” Eu balancei a cabeça mesmo discordando e então a coloquei no chão assim que atravessamos a porta de entrada da casa. Ela foi pegar o ónibus para o trabalho e eu dirigi para o escritório.
No segundo dia, foi mais fácil para nós dois. Ela se apoiou no meu peito, eu senti o cheiro do perfume que ela usava. Eu então percebi que há muito tempo não prestava atenção a essa mulher. Ela certamente tinha envelhecido nestes últimos 10 anos, havia rugas no seu rosto, seu cabelo estava ficando fino e grisalho. O nosso casamento teve muito impacto nela. Por uns segundos, cheguei a pensar no que havia feito para ela estar neste estado.
No quarto dia, quando eu a levantei, senti uma certa intimidade maior com o corpo dela. Esta mulher havia dedicado 10 anos da vida dela a mim.
No quinto dia, a mesma coisa. Eu não disse nada a Jane, mas ficava a cada dia mais fácil carregá-la do nosso quarto à porta da casa. Talvez meus músculos estejam mais firmes com o exercício, pensei.
Certa manhã, ela estava tentando escolher um vestido. Ela experimentou uma série deles mas não conseguia achar um que servisse. Com um suspiro, ela disse “Todos os meus vestidos estão grandes para mim”. Eu então percebi que ela realmente havia emagrecido bastante, daí a facilidade em carregá-la nos últimos dias.
A realidade caiu sobre mim com uma ponta de remorso… ela carrega tanta dor e tristeza em seu coração… Instintivamente, eu estiquei o braço e toquei seus cabelos.
Nosso filho entrou no quarto neste momento e disse “Pai, está na hora de você carregar a mamãe”. Para ele, ver seu pai carregando sua mão todas as manhãs tornou-se parte da rotina da casa. Minha esposa abraçou nosso filho e o segurou em seus braços por alguns longos segundos. Eu tive que sair de perto, temendo mudar de ideia agora que estava tão perto do meu objetivo. Em seguida, eu a carreguei em meus braços, do quarto para a sala, da sala para a porta de entrada da casa. Sua mão repousava em meu pescoço. Eu a segurei firme contra o meu corpo. Lembrei-me do dia do nosso casamento.
Mas o seu corpo tão magro me deixou triste. No último dia, quando eu a segurei em meus braços, por algum motivo não conseguia mover minhas pernas. Nosso filho já tinha ido para a escola e eu me vi pronunciando estas palavras: “Eu não percebi o quanto perdemos a nossa intimidade com o tempo”.
Eu não consegui dirigir para o trabalho… fui até o meu novo futuro endereço, saí do carro apressadamente, com medo de mudar de ideia… Subi as escadas e bati na porta do quarto. A Jane abriu a porta e eu disse a ela “Desculpe, Jane. Eu não quero mais me divorciar”.
Ela olhou para mim sem acreditar e tocou na minha testa “Você está com febre?” Eu tirei sua mão da minha testa e repeti “Desculpe, Jane. Eu não vou me divorciar. Meu casamento ficou chato porque nós não soubemos valorizar os pequenos detalhes da nossa vida e não por falta de amor. Agora eu percebi que desde o dia em que carreguei minha esposa no dia do nosso casamento para nossa casa, eu devo segurá-la até que a morte nos separe.
A Jane então percebeu que era sério. Me deu um tapa no rosto, bateu a porta na minha cara e pude ouvi-la chorando compulsivamente. Eu voltei para o carro e fui trabalhar.
Na loja de flores, no caminho de volta para casa, eu comprei um buquê de rosas para minha esposa. A florista me perguntou o que eu gostaria de escrever no cartão. Eu sorri e escrevi: ”Eu te carregarei em meus braços todas as manhãs até que a morte nos separe”.
Naquela noite, quando cheguei em casa, com um buquê de flores na mão e um grande sorriso no rosto, fui direto para o nosso quarto onde encontrei minha esposa deitada na cama – morta.
Minha esposa estava com câncer e vinha se tratando a vários meses, mas eu estava muito ocupado com a Jane para perceber que havia algo errado com ela. Ela sabia que morreria em breve e quis poupar nosso filho dos efeitos de um divórcio – e prolongou a nossa vida juntos proporcionando ao nosso filho a imagem de nós dois juntos toda manhã. Pelo menos aos olhos do meu filho, eu sou um marido carinhoso.

Os pequenos detalhes de nossa vida são o que realmente contam num relacionamento. Não é a mansão, o carro, as propriedades, o dinheiro no banco. Estes bens criam um ambiente propício a felicidade mas não proporcionam mais do que conforto. Portanto, encontre tempo para ser amigo de sua esposa, faça pequenas coisas um para o outro para mantê-los próximos e íntimos. Tenham um casamento real e feliz

domingo, 17 de abril de 2011

Segunda Parcéla do Buffet .!

                
Sexta Feira , pagamos a segunda parcéla do Buffet , ainda falta 08 parcélas , mais eu fico mto Feliiiz . 
Também fomos ver as alianças ... gostamos de uma e se for da vontade de Deus , mês que vem vamos compra-las ...HEBA !!! 
Vocês podem imaginar a minha Felicidade .      

   Meninas Hoje Faltam 8 mesês , 2 semanas e 6 dias para o nosso grande dia ...
  e eu acho que estamos mto atrasados com os preparativos ...
Contratamos o buffet ... temos o salão de vesta , o vestido vou ganhar da minha vó ... são coisas que não me preoculpa mais .
Mais ainda não achamos um fotógrafo e nem começamos a pagar , nem filmagem ):
Não temos decoração para a igreja ainda .
Padrinhos , pajes , damas , floristas e tantas outras coisas .
Os mesês estão voando , eu quero que passe rápido mesmo , mais quero que dê tempo para tudoo =/!

Ain desculpa pelo Desabafo !
obg pela força de sempre amores .

sábado, 16 de abril de 2011

Nosso Encontro !


Quando Chegou a noite , fui no local que marcamos ...
ele veio e me abraçou , era um abraço de mta saudades ,de mto arrependimento ,de alegria por estarmos juntos .
ele me beijava como se fosse a primeira e a ultima vez junto , passava a mão no meu rosto como se fosse para marcar cada detalhe .
Eu estava de novo nos braços do homem da minha vida , estava beijando a unica bouca que eu quero beijar pelo resto de minha vida .
Estavamos um com mta saudades do outro , era notório que ele sofreu , emagrecemos , os olhos pequenos e inchados de chorar.
ele me dizia , amor eu nunca mais quero me separar de você , por que eu não sei ficar longe de você .
eu tbm não sei amor , foi o que eu disse .


Quando a gente ama mto alguém como eu amo , pode me entender ... recebi mtas criticas de mtas pessoas e algulmas me magoaram mto =/
eu amo ele , estou dando mais uma chance para nossa história , para a nossa felicidade e se um dia alguém tiver que se arrepender sou eu , eu sómente .
Ele se mostrou mto arrependido do que fez , espéro que nunca mais cometa esses tipos de erros dei uma chance a ele , pk eu o amo e pk mais do que pensar nele , penso em mim , sei o que posso ou não suportar e como lidar com cada situação .
Estamos juntos e seja feita a vontade de Deus em nossas vidas !

Muuito obg a todas que torcerão por mim , por isso sei que aqui eu posso desabafar ,pk aqui não só existem criticas ., existem ajuda tbm , obg *~*

Tô com saudades de você de Baixo do meu cobertor (5)


Quando fui trabalhar na segunda , a saudade já era demais , eu o amo ,nka amei ngm antes e ao dele eu experimentei todos estes sentimentos .
Eu posso brigar com ele , posso sentir raiva , mais o amor que eu sinto continua ali ,mais nesses dias eu senti um vazio ... o que eu fazia era chorar,sabia que ele estava tão triste quanto eu , temos uma ligação mto grande e sempre digo que ás vezes eu consigo sentir qdo ele está triste.

Quando fui comprar café para o meu patrão , olhei lá em baixo da rodoviaria onde trabalho e vi o carro dele estacionado ... e lógo vi ele ,meu coração acelerou mais forte.
o meu celular tocou era ele ,ele pedia pára que depois do meu trabalho a gente conversasse .,
eu aceitei !

Tô com saudades de você de Baixo do meu cobertor (4)


Domingo ,acordei bem antes , esse dia me trás mtas lembranças dele ... bateu mta saudades ,comecei entender mtas coisas ,coisas que antes eu não entendia .,descia lágrimas sem parar nos meus olhos,revirava na cama .
Queria mto ver ele ... mais eu ainda não queria fazer isto comigo não estava pronta .
ele me ligou dizia coisas que me apertava o coração,dizia que estava sofrendo mto , eu tbm estava e acredito que mto mais que ele , eu via que ele estava realmente arrependido , mais ainda eu não queria conversar com ele.
A noite ele foi na igreja que iamos juntos ): sem mim e eu fui na igreja da minha mãe com ela .
Nos falavamos e eu parecia dinstante , em momento algum deixei de ama-lo e eu acho que isso fez ele ver o quanto me ama tbm ., mais tinha entregado nas mãos de Deus e sei que ele sempre fez o melhor na minha vida.;

Tô com saudades de você de Baixo do meu cobertor (3)

Dia 09 de abril, Sábado .



Quando acordei saberia que seria um dia mto dificil ,pois nos finais de semana a Bruna trabalha comigo,ela é uma querida,mais eu tenho uma dificuldade de falar dos meus problemas ,prefiro resolver para depois falar e naquele dia eu ainda estava no calor de todas emoções ,mto triste e magoada.
Mais para minha surpresa ,quando eu cheguei dei bom dia para ela , ela jah tocou no assunto , ela não sabia o que tinha acontecido,mais sabia que tinha algo estranho ... pois o Lucas tinha ligado na casa dela , para saber de mim,pois somos mto amiga , mais ela não sabia de nada .
fiquei com raiva dele !:@,mais lógo passou .

Quando era umas 15:00 hrs eu senti o meu celular vibrar , era do numero da minha sógra, era ele me ligando.
tinha medo de atender e sofrer ,mais a Bruna disse para eu atender e eu atendi.
tentei ser fria .,mais eu não conseguia ,por  amalo.
eu : alo ?
ele : Aline ,por favor liga para mim ,vai acabar o crédito.
                            sofri aquele dilema ,ligo ou não ligo .;
                                          Resolvi ligar .

    ele: Aline ,vamos conversar não faz isso comigo não pf , eu te    amo , eu não to aguentando ,estou arrependido e estou sofrendo pq eu não sei ficar longe de você.

Disse que ligaria mais tarde para conversarmos pq estava no serviço e quando chegou a noite conversamos ,mais ainda estava mto magoada com td.


Tô com saudades de você de Baixo do meu cobertor (2)


Eu não queria acordar ... ficaria na cama e não sairia de lá por nada , estava tão triste que a ultima coisa que eu queria , era ir para uma loja ,ser simpatica ,pois depende de mim ,vender , esse é o meu trabalho e nessas horas isso é o que você menos conségue fazer,
Estava com os olhos inchados de tanto que chorei .
Abri a loja ... se passaram algum tempo ,quando estava lá fora,vi que alguém se aproximou de mim .
Quando olhei era ele .

Eu não queria falar com ele , estava com muiiita raiva dele , pedi que ele fosse embóra , ele não ia .
Me pedia perdão , dizia que se arrependia de ter me magoado ,falava sobre o nosso casamento ,que estava arrependido de tudo , que ele me amava e não podia sentir a sensação que estava me perdendo,dizia mtas coisas que eu adoraria ouvir , mais que naquele momento,não fazia diferença algulma pois meu coração estava magoado demais , para querer ouvilo,eu definitivamente não queria ouvilo .
Ele tinha me dito que estava sem gasolina e por isso veio a pé , ele andou mto mais a minha mágoa era tão grande que nem me importei.,nem me preoculpei com o calor que fazia , e me arrependi mto depois e sofri com isso.
eu olhei para ele e disse : se vc me ama,vai embóra !
ele foi em direção ao filtro que tem na loja e com as mãos limpou o rosto que estava cheio de lágrimas e assim foi embóra .
Ali mesmo eu chorei mto , limpava meu rosto ,mais as lágrimas caiam ,sentia vontade de chamar ele ,mais o orgulho não deixava.
e aquele foi um dia mto ,mais mto dificil ,quando cheguei em casa detei um pouco no sofá e ali eu fiquei por alguns minutos , lembrei de qtos momentos bons tivemos ali naquele sofá,lembrei daquele dia tbm em que brigamose chorava mto.



Eu lembrava dos nossos momentos ,do sorriso dele ,dele me chamando de morzãum , de vida .
saudades e medo me dominava , eu pedia forças ,mais me sentia mto fraca ... eu preferi não ligar mesmo querendo ouvir mesmo que fosse para brigar.
lembrava dos nossos sonhos e assim chorava mto !
                                                          Mais uma noite interminavel.

Tô com saudades de você de Baixo do meu cobertor (1)

Dia 07 de abril , quinta -feira


Lucas foi me buscar no trabalho chegamos em casa , comemos salgados e começamos a discutir , assim do nada ,derrepente .Extresse dele , falta de compreenção minha e virou uma crise ... Falamos sem pensar !
Teh que uma atitude dele , me desmoronou !

Ele se levantou , estava indo em direção da porta ,quando eu perguntei você vai embóra ?
Ele se foi ... Da minha casa ,me deixando sózinha !
Eu não aguentava vê-lo indo embóra da minha vida , vendo ele levar minha felicidade ... Desespero,medo de perde-lo para sempre ,só me fez tomar uma atitude .
" Não vou perder o homem que eu amo,por orgulho"
Foi quando coloquei uma jaqueta ,peguei dinheiro e fui pegar o primeiro onibus ,entrei no primeiro onibus nervosa,aflita com medo ,arrependida .
cheguei na cidade dele ,entrei no segundo onibus esse me levaria na porta da casa dele,meu coração estava a mil,ficava pensando no que eu ia falar p ele , pensava " ele vai ver qe eu o amo e que eu não posso ficar longe dele "
Quando o onibus parou no ponto em que eu desceria ,me apavorei o carro dele não estava lá ,onde ele estava ?
comecei a anda pela avenida ... teh que avistei o carro dele , meu coração ficou pequenininho ,sofri antesipadamente , doia mto ... eu sabia que ia sofrer .
Quando eu o vi dentro de uma lan house meus olhos se encherão de lágrimas,queria não chorar pois precisava ver com os meus olhos mais de perto o qe ele estava fazendo ,queria ser racional ,mais não conseguia .
eu o vi no lugar qe ele sempre dizia que não frequentava ,estava jah com raiva de ter acreditado nele.
Fiquei atrás dele mais ainda não tão perto,quando me deparei com coisas que eu não sabia , ele tinha contas em vários sites de relacionamentos , sendo que por causa dele , usamos o mesmo orkut .
DECEPÇÃO , foi o que eu senti , perguntava meu Deus como ele pode ... foi quando cheguei mais perto,devia ter ido embóra sem ele me ver ,mais ele acabou me vendo.
Não quiz chingar ,não falei nada , só virei as costas sem dizer nada .
comecei a andar e vi ele entrar no carro , começou a me seguir , estava furiosa ,arrazada , sentia mta raiva dele .

Fui para casa , só chorava ,soluçava , estava arrazada ,meus pais ficaram triste por me ver triste ...
foi quando meu pai pegou o celular e ligou para ele ;
lucas: alo ?
pai: lucas eu vou te pedir um favor não procura a Aline , não liga para ela !
Desligou o celu .

Naquéla noite eu não conseguia dormir só chorava ,de raiva , de desgosto , de ter ido atrás dele e ter me deparado com tudo aquilo ;=/

Eu precisava dormir ,pq eu ia trabalhar bem cedo,mais as lágrimas só caiam ,molhavam meus cabelos ,
meu travesseiro e a noite foi longa .
e eu reclama com Deus o porque ,mais eu não entendia o que estava acontecendo .
Quando peguei no sono ,jah estava na hora de acordar .

terça-feira, 12 de abril de 2011

:(


Oiie meninas ... hoje estou de folga e passei aqui por que estava morrendo de saudades desse cantinho , do blog de todas vocês .
e também para pedir que todas vocês orem por mim , que em suas orações colóquem o meu nome , pois estou precisando mto ... não é nada com a minha saude e nem de alguém da minha familia , é algo que mtas vezes sentimos ... estou mto triste , paréce que mataram os meus sonhos , to me sentindo mto mal mesmo .
péço tbm que orem pelo meu trabalho .. pelo meu namoro ,meninas lembre de mim  , sei que posso contar sempre com vocês .
Desde jah agradeço !

Seguidores